• Explore Iberia

Parque Nacional da Peneda Gerês

A Norte de Portugal encontramos a joia da coroa das áreas protegidas, o Parque Nacional da Peneda-Gerês. Este é, até hoje, o único do país e é uma das maiores áreas classificadas, que se estende entre o Planalto de Castro Laboreiro e o Planalto da Mourela. São cerca de 70.000ha de montanhas, rios e vales, com particularidades culturais e valores naturais únicos.



Dos vales glaciares aos bosques milenares, à zonas rurais, são muitos os ecossistemas aqui presentes. Cabe a todos a conservação e proteção de toda a variedade de formas de vida e de vivências deste Parque.

A serra da Peneda, Soajo e a serra do Gerês são as zonas montanhosas mais conhecidas, com relevos e características geológicas muito distintas, separadas pela serra Amarela. As principais bacias hidrográficas do Minho, como o caso do rio Cávado e Lima, passam por aqui, alimentadas pela complexa rede de cursos de água.

Nas matas do Ramiscal, de Albergaria, do Cabril e Beredo encontramos bosques únicos em Portugal, que albergam uma incrível biodiversidade.

Espécies como o lobo ibérico, a águia real e a cabra-montês, são alguns exemplos da fauna selvagem ameaçada que encontra refúgio no PNPG. Já na flora, entre várias espécies , destaque para um endemismo ibérico apenas presente na serra do Gerês, o Lírio do Gerês.


Lírio do Gerês
Lírio do Gerês

O rico património histórico-cultural está presente por todo o Parque Nacional. Monumentos funerários megalíticos, pontes romanas, calçadas medievais, castelos, espigueiros, fornos comunitários, moinhos de água, levadas, socalcos, brandas e inverneiras de tempos de transumância, ermidas, fojos, silhas, as marcas da presença humana nestas serras perdem-se no tempo. E esta relação entre o homem e a natureza que torna único o Parque Nacional da Peneda-Gerês, um destino que não via querer deixar de explorar.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo